[Série Gratuita] O 80/20 do Marketing Digital & Vendas: Para Quem Quer Faturar 2x Mais em 2020

Lição 1 de 4:

Como ganhei R$16.615,10 em 13 meses “SEM fazer nada”…


O que é isso, Serge?! 

Logo você, que tira onda de não acreditar em dinheiro fácil, me aparece com uma Headline dessa dizendo que ganhou 16 mil no mole?

Caaaaalma, pequeno gafanhoto.

Pra começar, você deve ter percebido que coloquei o “SEM fazer nada” entre aspas.

Isso tem um motivo.

É este motivo que faz a diferença entre ficar postando alopradamente nas redes sociais no desespero na ESPERANÇA de tentar vender alguma coisa…

… OU colocar o MELHOR VENDEDOR DO MUNDO fechando negócios para você 24 horas por dia, 7 dias por semana, sem NUNCA reclamar, pedir um aumento ou tirar uma folga.

Se você está lendo este texto, muito provavelmente está em uma dessas 3 situações:

  1. Sou empresário/empreendedor/autônomo e estou querendo melhorar meus resultados
  2. Tenho um “emprego normal” e estou buscando um “Plano B”, uma renda extra que me permita alguns luxos (ou até trocar de profissão)
  3. Estou sem trabalhar no momento, em busca de novas oportunidades

Se você se enquadra em uma das categorias acima, continue comigo porque esse texto foi feito sob encomenda para você.

Caso contrário, você já deve estar vendendo horrores pela internet e pode deixar essa página agora sem culpa.

Ainda, por aqui? Então #TamoJunto.

Vou te contar a minha história resumida para que você entenda meu ponto principal aqui: 

Te mostrar como é possível vender pela internet “sem fazer nada”.

Me chamo Serge Rehem e sou analista de sistemas, desde 1997 trabalhando em uma empresa pública federal de Tecnologia da Informação.

No final de 2013 fui “fisgado” pelo Marketing Digital.

Como muitos, caí na promessa de “faturar 6 dígitos em 7 dias”.

E entrei na “Corrida do Ouro”.

Em pouquíssimo tempo, percebi que a coisa não era tão fácil assim o quanto me fizeram eu quis acreditar.

E para ajudar outras pessoas a não cair nesse mesmo CONTO DE FADAS, eu resolvi criar o blog Marketing4Nerds.com, em abril de 2014.

E fui compartilhando de forma sincera todos os meus aprendizados e descobertas.

Corta.

CENA 1.

Se passaram 4 anos, estamos em abril de 2018.

Há poucos meses eu tomei uma decisão importante. 

Abandonei uma chefia que eu ocupava há 9 anos e logo em seguida reduzi minha carga horária de 8 para 6 horas/dia, abrindo mão de 25% do meu salário.

No turno da tarde, comecei a trabalhar em uma empresa que vende  produtos de saúde natural exclusivamente pela internet.

Meu objetivo: Aprender como funcionam as engrenagens de uma startup que fatura ALTO. E evoluir o meu mindset.

Nesta época, tomei uma decisão ARRISCADA, mas consciente.

Eu praticamente ABANDONEI o Marketing4Nerds por 13 meses.

Meu último post havia sido no dia 20 de maio de 2018. 

O post seguinte, em 17 de julho de 2019.

O intervalo de 13 meses de jejum nos posts do blog Marketing4Nerds

E, para piorar, eu fiz tudo aquilo que era CONTRA o que seu sempre ensinei.

Eu PAREI DE CAPTURAR E-MAILS

Eu desliguei todas as capturas de e-mail que consegui encontrar no blog.

Veja que minha lista ficou praticamente CONGELADA nesse período e eu nem sei direito como essas novas pessoas entraram.

Minha lista de assinantes no Marketing4Nerds praticamente CONGELADA em 13 meses

Você entendeu o cenário?

Eu parei de escrever conteúdos no blog, que até então já tinha 71 posts publicados.

E uma média de acessos entre 7 e 15 mil acessos mês, com picos de 20 e 32 mil.

Eu desliguei as capturas de e-mail.

Eu praticamente parei de me comunicar com meus seguidores (coincidentemente foram apenas 13 disparos, média de 1 por mês).

Corta.

CENA 2.

Estamos no dia 18 de setembro de 2018.

Eu acabo de enviar o e-mail mais importante para a lista de seguidores do Marketing4Nerds, dentro dos 13 meses que fiquei fora do ar.

O título deste e-mail: “um desabafo antes de ir….”.

Ele foi enviado poucas horas antes de eu entrar em um avião.

Aos 44 anos eu decidi fazer uma viagem só, pela primeira vez na vida, para refletir sobre a minha vida, o meu futuro, os meus sonhos.

Eu iria caminhar 240km no Caminho Português saindo da cidade do Porto até Santiago de Compostela.

Em Santiago de Compostela, no dia da minha chegada após 240 km de caminhada em 10 dias

Neste e-mail, dentre outras coisas, eu compartilhei com meus fiéis seguidores o DILEMA que eu estava vivendo…

… em perceber que não me encaixava nesse perfil de “guru de internet”…

… me sentia frustrado de ver tanta gente PERDIDA em busca de esperança, de um caminho…

…. gastando DINHEIRO À TOA com cursos, treinamentos, mentorias…

…. em busca do próximo MILAGRE, da última-top-sacada-milionária-que-finalmente-vai-me-deixar-rico-da-noite-para-o-dia…

….. mas sem fazer o mínimo NECESSÁRIO para conseguir VENDAS do outro lado.

Cada palavra escrita transmitia um pouco da minha ansiedade e expectativa de no meu retorno trazer algumas respostas na minha mochila.

E algumas novas histórias para contar.

Corta.

CENA 3.

Estamos em 15 de abril de 2019.

Eu finalmente tomei coragem de realizar um de desejo que me consumia há pelo menos 8 anos.

Eu tirei uma LICENÇA SEM VENCIMENTOS da empresa pública onde trabalho há 21 anos, indo para o mesmo endereço todos os dias.

Sou muito grato a tudo o que aprendi e desenvolvi nessa empresa pública, não quero que você pense o contrário.

Mas a vontade de viver outras experiências estava GRITANDO dentro de mim. 

Eu TINHA que fazer alguma coisa diferente.

Aceitei uma boa proposta financeira para trabalhar em tempo integral naquela empresa de saúde natural que comentei na cena 1, onde eu já dedicava parte das minhas horas diárias.

Meu “PLANO PERFEITO” era passar 12 meses nesta empresa e em meados de 2020 eu decidiria se retornaria ou não para o meu “emprego normal”.

Corta.

CENA 4.

Estamos no dia 21 de maio de 2019, às 9:32 da manhã.

Subi o elevador e entrei em casa após digerir com dificuldade um croissant e suco de laranja, num café-da-manhã inesperado que fui convidado a tomar na delicatessen que fica quase na frente do meu prédio.

Bato a porta e ao ver o meu semblante minha esposa nem precisou perguntar para que eu contasse o que aconteceu.

– “Acabei de ser DEMITIDO”.

Essa é uma daquela peças que a vida nos prega, sem esperar, atrapalhando os nossos “planos perfeitos”.

Visões de mundo diferentes entre mim e o CEO da empresa de saúde começaram a gerar algumas faíscas.

Eu achava que em alguma semanas a gente conseguiria se entender, mas ele seguiu seus instintos e, até para evitar desgastar a nossa ótima relação pessoal, tomou essa dura e difícil decisão.

No modo dele de enxergar as coisas, era o único caminho a se tomar.

O acordo financeiro desta rescisão me ajudaria a segurar as pontas por mais 2 ou 3 meses.

Apesar das divergências, por incrível que pareça, o fato dele sempre ter sido brutalmente honesto comigo, só reforça ainda mais o respeito e a consideração que tenho pelo dono desta empresa. 

Mas, não vou lhe mentir…

Eu senti o baque.

Doeu.

Naquela manhã eu pude sentir na pele os efeitos da ZONA DE DESCONFORTO que eu tanto busquei.

Agora eu estava 100% por minha conta e risco, tendo que viver EXCLUSIVAMENTE dos ganhos das minhas empreitadas. 

E sem arriscar o bem-estar da minha família.

Se eu falhar nesse caminho, ainda tenho a opção de pedir o cancelamento da minha licença sem vencimentos… 

…. mas, vou te confidenciar… 

Ter que retornar para a “Vaquinha leiteira do contra-cheque garantido” antes do prazo planejado e com o com meu rabinho entre as pernas teria o amargo sabor da derrota.

Corta.

CENA 5.

É dia 19 de novembro de 2019 às 15:23 da tarde.

Está fazendo um calor dos infernos.

Estou sentado sem camisa no gabinete do meu apartamento, à frente do meu notebook.

O fone do ouvido ligado no Spotify com músicas “Deep Focus”, para concentração extrema do tipo “o mundo pode acabar agora que eu não vou nem notar”.

Escrevo a parte 1 desta série de 4 lições que você está lendo agora.

E neste momento estou me perguntando… “será que exagerei demais falando tanto de mim”?

Talvez… mas se você chegou até aqui eu vou me esforçar ao máximo para o restante da leitura valer o seu precioso tempo.

E, sabe porque?

No título desta lição eu prometi te contar como ganhei R$16.615,10 em 13 meses “SEM fazer nada”.

Conhecer um pouco da minha história te ajuda a entender melhor o contexto sobre como e porque isso aconteceu.

Duas imagens vão deixar isso bem claro. Esta é a primeira:

Dashboard Elite Eduzz, resultado acumulado de 5 anos de Marketing4Nerds

Acima, o meu Dashboard Elite da plataforma Eduzz, onde eu comercializo a quase totalidade dos meus empreendimentos digitais. 

Na maior parte são infoprodutos, cursos on-line, mas tem também softwares e eventos presenciais.

Quase R$194 mil faturados em pouco mais de 5 anos não é um resultado a ser desprezado, concorda?

(Mais um pouquinho eu saio do Red Belt para o Orange Belt 🙂

Eu sei, está muito longe das cifras ASTRONÔMICAS que muitos gurus do nosso mercado exibem.

… mas são números que exibo com muito orgulho, pois isso tudo foi gerado tendo o Marketing4Nerds como um Plano B, nas horas vagas e madrugadas…

… com um investimento total em tráfego pago que não passou de 10% desse montante… 

… enquanto eu dava conta de um “emprego normal”…

… de uma esposa e 3 filhos…

E isso sem falar em uma sociedade que tive entre 2012 e 2016 e faliu ESPETACULARMENTE me deixando sérias sequelas financeiras e emocionais.

(Este é um assunto delicado que envolve a QUEBRA DE CONFIANÇA de uma pessoa muito próxima e, na época, querida. Nem gosto muido de falar nisso…. vamos em frente…)

Muito bem…. voltando então ao dia 19 de novembro de 2019…

… aqui estou eu escrevendo esse texto para você, algumas horas após pular da cama com um pergunta inquietante na cabeça:

Quanto eu faturei durante os 13 meses em que QUASE MATEI o Marketing4Nerds?

Isso nos leva a segunda imagem:

O relatório de vendas confirmadas na Eduzz, nos 13 meses de jejum do Marketing4Nerds

Entre 20 de maio de 2018 e 17 de julho de 2019 foram ao todo 85 vendas de diferentes produtos.

Em 13 meses, um ganho somado de R$16.615,10.

Se eu fazer praticamente NADA.

Talvez você esteja pensando… “ai… vai… você deve ter feito uns stories, umas postagens, uns videos no YouTube…”

Olha… deixa eu te dizer uma coisa…

Se tratando de conteúdos de Marketing Digital, as minhas redes sociais são um verdadeiro DESASTRE.

São muito poucas postagens e na sua maioria são fotos de família, algumas caminhadas e dicas de livros. 

O YouTube do Marketing4Nerds só tem cerca de 1200 inscritos… 

Nunca postei um stories sequer no Instagram… 

Os únicos vídeos que fazem sucesso são quando apareço tocando um violão bem ordinário com minha filha Iane (ainda bem que ela sabe cantar, e salva nosso número artístico!).

Os únicos posts que “bombam” no meu Instagram

No mais, são comentários pingados aqui e ali…

… e quem mais interage no meu Facebook é minha querida Tia Iara (que até hoje me chama de “Hominho” – porque eu era o único entre um monte de meninas). 

Eu nunca fiz força de verdade para melhorar meu posicionamento nas redes sociais.

É ao mesmo tempo uma característica e uma DECISÃO pessoal, que tem a ver com FOCO. Voltarei a esse assunto nas próximas lições.

Mas…. ainda assim…. em 13 meses eu fiz mais de R$16 mil reais em vendas.

  • Sem investir um único real em tráfego.
  • Sem postar nas redes sociais.
  • Sem fazer uma live, story, webinário ou qualquer coisa parecida.

E eu não tenho absolutamente nada de especial com relação a você ou qualquer outra pessoa.

Eu apenas PLANTEI ALGUMAS SEMENTES que cresceram, viraram árvores…

… e que dão FRUTOS mesmo se eu não estiver regando e nem cuidando tão bem quanto deveria.

Nas próximas lições eu vou te mostrar que se eu consegui, você também consegue.

CONTINUE LENDO

Quero ouvir você...

Você tem alguma história interessante para compartilhar? Deixe seu comentário abaixo:


© 2019 - Fast Copy 80/20. Todos os Direitos Reservados

Orbit Learn

Criado com
Orbit Pages